sábado, 2 de julho de 2011

Meu Mundo Quase Cor-de-Rosa



Demorei a encontrar um nome que pudesse englobar tudo que eu queria escrever aqui nesse espaço.
Pensei, pensei, quebrei a cabeça e de repente me lembrei de uma sessão de terapia há mais ou menos um anos atrás quando minha psicóloga me "diagnosticou" vivendo num Mundo Cor-de-Rosa.
Poxa !! Fala sério !! Eu não sabia que vivia lá, mas para minha surpresa eu vivia sim !!!
A situação mais traumática e dramática que vivi na minha vida, foi a separação dos meus pais quando eu tinha 12 anos. 
Foram vários anos amadurecendo rápido demais, tendo que ser adulta antes do tempo pra cuidar das feridas que ficaram desse acontecimento.
Mas eu, sem saber, já tinha uma "Pollyana" vivendo dentro de mim, então não via as coisas assim tão negativas, ou como forma de me proteger de tudo isso, achava mais conveniente pensar assim...
Mas não foi só isso que me colocou vivendo num "Mundo Cor-de-Rosa", sempre tive uma vida tranquila, sempre fui uma boa aluna, nunca tive dificuldades na Escola/Faculdade, sempre tive poucos mas bons amigos, daqueles que você pode contar sempre em qualquer hora, casei com o cara que namorava desde adolescência (mais do que previsível, mas isso fica pra um outro post).
Namorei, casei, engravidei, comprei uma casinha....tudo muito cor-de-rosa não ?!
Perdi meus avós quando era ainda criança, fora isso, não perdi pessoas muito próximas (família e amigos), graças a Deus !!



E foi aí que percebi que minha vida realmente era cor-de-rosa, me senti uma pessoa vivendo numa redoma de vidro,  e que quando resolvi precisei sair desse mundinho e viver a vida de verdade, apesar do medão, comecei a ver as coisas e as pessoas de outra forma...era um Mundo inteirinho surgindo ali na minha frente, diante dos meus olhos.
Deu medo, frio na barriga, insegurança, algumas vezes pânico, mas a sensação de estar conhecendo e lidando com as situações pela primeira vez como adulta é indescritível !
Vi que a vida era muito mais....e gostei da sensação de estar vivendo no mundo real, um Mundo Quase Cor-de-Rosa...
Não que eu não goste da cor Cor-de-Rosa, mas hoje prefiro ter liberdade de pintar meu mundo com as cores que eu quiser, quando eu quiser, na hora que quiser....com direito a descolorir também.
M.J.C.


A música de hoje não ficou martelando na minha cabeça, mas achei legal pra fechar esse post.


6 comentários:

Michele P. disse...

Olá Marcia!

Graças a estatística do meu blog, descobri o seu! E olha que bacana: cheguei na inauguração! Pretendo ficar aqui por muitos e muitos dias, assistindo de camarote ao que acontece em seu mundo. Desejo vida longa aos seus escritos.
Bem-vinda a blogosfera! ;)

Bjs

Marcia Cardoso disse...

Oi Michele !!
Muitíssimo obrigada pela visita, pelo comentário e pela força !
Com certeza o seu blog me encorajou muito nesse desafio de iniciar o blog.
Admiro muito o seu jeito de escrever !!
Beijos e volte sempre ! =D

Ana Paula disse...

Adorei!! Li! antes tarde do que nunca, e curti pacas. Nossa! "pacas" q coisa velha, nunca mais ouvi ninguém dizer isso...kkkk
De qq forma, gostei do que li até o momento. Por sinal, escreve muito bem mesmo hein!
Parabéns!
um abraço
APVF

bruna disse...

Agora passando sempre por aqui!!Adorei todos que li... você é muito boa, continue fazendo esse bem de escrever tão lindamente!

Marcia Cardoso disse...

APVF
já tava desistindo de te falar pra ler o blog, já que gostou volte sempre.
Adorei os elogios
MJC

Marcia Cardoso disse...

Bruna
assim fico até achando que escrevo bem mesmo..rsrs.
Volte sempre, será sempre bemvinda !!
Obrigada querida